Como e porque se manter saudável

Ultimamente tenho visto muitas pessoas com câncer;  de intestino, de cérebro e outros, parece que o mundo está cancerosos, porém sabemos que existem várias maneiras de prevenir esta doença que é quase uma sentença de morte, mesmo as pessoas  mais afortunadas de dinheiro e planos de saúde dificilmente conseguem sair  com sucesso desta doença.

Desde  muito jovem que me interesso por alimentos naturais e, isto não veio atoa, passei por vários episódios de doenças no meu próprio corpo e na família, até hoje lido com elas.

Ao longo dos anos tenho visto muitos artigos sobre alimentos que promovem a saúde.

Também tenho visto também o interesse das pessoas em promover a própria saúde sem fazer grandes esforços para tal, elas preferem tomar remédios que promovem efeitos rápidos e as fazem sentir alivio  acreditando que estão curadas, portanto não curam exatamente apenas aliviam o sofrimento, minha avó dizia que eles só  servem para remediar por isto se chamam remédios, eles remendam.

É óbvio que não estou aqui para fazer campanha contra os remédio ou médicos mesmo porque sempre trabalhei com eles  e sei o esforço que  fazem para ajudar as pessoas a saírem de seus sofrimentos com exito.

O quero é mostrar que  podemos ter uma vida mais saudável e procurarmos os médicos apenas para conferir isto.

Existem  vários livros que ensinam estas coisas e também falam de comportamentos que ajudam a seguir no caminho mais fácil para nos mantermos saudáveis, um deles é “Você pode curar sua vida” Louise  L. Hay,  em PDF se alguém quiser só pedir que envio. meu e-mail é    vbrilhantedovale@gmail.com

Aqui vai um artigo sobre como começar a limpar o nosso corpo.

 

Alimento alcalinos e alimentos ácidos

Segundo a Medicina hindu Ayurvédica, a mais antiga do planeta (mais de 6000 anos),

“o limão é a fruta mais fantástica da humanidade”.

Certos  alimentos  ao serem utilizados pelo organismo humano deixam no sangue resíduos alcalinos; outros alimentos deixam resíduos ácidos.

É importante que haja um equilíbrio entre alcalinos e ácidos, sendo melhor para a saúde um pequeno excesso de alimentos formadores de resíduos alcalinos.

A carne, por exemplo tem 60% de água; considerada sobre uma base seca, produz cinco vezes mais ácidos que os cereais.

È apresentada a seguir uma tabela de alimentos que em experiência laboratoriais deixam cinzas alcalinas ou ácidas, alimentos que no organismo do homem dão resultados semelhantes; quanto maior ou mais  elevado é o número desses alimentos tanto maior  é a sua potência para formar alcalinos ou ácidos.

Preserve a sua saúde com alimentos alcalinos, com menos alimentos acidificantes; use aproximadamente 80% de alcalinos e 20% de acidificantes.

Veja lista abaixo:

Alcalinos= abacate;  abacaxi; açúcar natural; mel; abóbora; agrião; alface; ameixa; amora; aipo. Azeitona, banana, batata assada; beterraba; castanha do Pará; cenoura;  couve-flor; cebola; chucrute; côco; damasco; ervilha em vagem;  espinafre tenro; fava; feijão soja em vagem; figo; limão; leite desnatado; laranja; maçã; melancia; melão; mamão; morango; pepino; passas de uva;  uva; pêssego; pera; repolho; etc

Acidificante=  Açúcar;  alcachofra; arroz; amendoim; centeio; chocolate; ervilhas secas; farinha de trigo branca; lentilha; maçarão; pão de queijo; milho; nozes; ovos; manteiga;  peixes e carnes.

 

Que alimentos e atitudes alcalinizam o sangue?

Os sais minerais são os mais potentes modificadores do pH dos nossos líquidos corporais, funcionando como instrumentos de manutenção da saúde celular, alcalinizando ou acidificando, conforme a necessidade do organismo. Cálcio, zinco, ferro, magnésio, sódio, potássio e manganês são fortes alcalinizantes e atuam como elementos energiszantes e neutralizadores. Fósforo, enxofre, cloro, iodo, bromo, flúor, cobre e sílica são poderosos agentes acidificantes. Todos eles são necessários à saúde humana, mas precisam estar em equilíbrio para que o pH resultante seja, como vimos, levemente alcalino.

Semelhantes aos minerais, as emoções, os sentimentos, a agitação mental e física também têm potencial para alcalinizar ou acidificar partes do organismo em questão de frações de segundos.

Assim, o estresse tende a acidificar o sangue, e a acidez do sangue é um fator negativo, porque provoca mais estresse. Pronto! Instalou-se um círculo vicioso negativo: estresse gera mais estresse.

Um organismo acidificado tende a manifestar sentimentos, emoções e reações “ácidas”. A raiva, inveja, ansiedade, ciúme, excesso de julgamentos e críticas, exercícios físicos obsessivos, competições, calor em excesso, desidratação, etc. que induzem à acidificação do organismo em questão de segundos. Ação e reação.

Ao contrário, é comum ao organismo devidamente alcalinizado compartilhar freqüências, sentimentos e emoções prazerosos. Afetuosidade, compaixão e compreensão são estados típicos de um corpo em harmonia metabólica, sereno e pacífico. Assim, o estado meditativo ou de oração, a vivência do amor, bom humor, do belo, do positivismo, da verdade e do prazer de estar vivo podem ser considerados “alimentos” de grande potencial alcalinizante. Estas emoções, por sua vez, alcalinizam o sangue. Pronto! Instalou-se um círculo vicioso positivo. 

 As frutas frescas, os legumes e as hortaliças (principalmente os orgânicos) quando ingeridos crus – por seu elevado teor de sais minerais, vitalidade, água e fibras – são exatamente os alimentos mais alcalinizantes à nossa disposição.

Entretanto, o limão é incomparável. Seu potencial de alcalinizar o sangue humano acontece imediatamente após sua ingestão. Interessante que ele apresenta um sabor ácido, mas não se engane, ele mal alcança o estômago e já está afetando os líquidos corporais, combinando-se com os minerais alcalinizantes.

 Pois é, esta frutinha tão barata, comum e discreta tem o poder de mudar radicalmente a nossa vida: no físico, emocional, mental e espiritual.

Como? Alcalinizando o nosso sangue.

 

O ácido cítrico do limão, transformado no organismo em citrato de sódio (sal alcalino), carbonatos e bicarbonatos alcalinos, causa imediata alcalinização do meio humoral, neutralizando ou amenizando estados indesejados de acidez. E mais, estes sais alcalinos são considerados os melhores remédios contra o excesso da viscosidade sangüínea, oferecendo prevenção contra acidentes cardiovasculares. Em paralelo, o limão, com todos os seus demais componentes, fortalece o sistema imunológico, retarda o envelhecimento precoce, bloqueia radicais livres, oferecendo assim proteção contra o câncer e demais doenças.

A preocupação da medicina preventiva com o equilíbrio do pH surgiu a partir do trabalho do médico americano William Howard Hay.

Seguindo a trilha aberta pelo dr. Hay, outro médico norte-americano, o dr. Theodore A. Baroody, publicou o livro Alkalize or Die (Alcalinize ou morra), no qual reafirma a teoria de seu colega.

Os incontáveis nomes de doenças realmente não importam. O que realmente importa é que elas todas vêm da mesma causa-raiz: excesso de resíduos ácidos no organismo”,diz.

Todas as frutas frescas, secas, folhas verdes, legumes, raízes,  painço, amêndoas, pistache, melaço de cana, couve-flor cru, milho verde, abobrinha sem agrotóxico, ameixa preta, banana passa, damasco, uva passa, manga seca, pêra seca, figos secos, quiabo, chuchu ralado cru (a gosma é alcalina).  SÃO TODOS ALCALINIZANTES

Sal marinho – colocar no forno por 5 minutos para acabar com os fungos. -água mineral – chás de ervas – molho de soja – stevia – limão – goiaba melão – lima – manga – papaya – nectarina – tangerina – bananas – lentilha – brócoli – inhame – batata doce – óleo de oliva – endívia – aspargos – alho – ALHO Vegetal cuja raiz contém vitaminas A, B e C e minerais (Cálcio, fósforo, ferro, iodo e selênio). Para sua saúde: anti-séptico e digestivo.

Maçã -SUA CASCA FAVORECE A DIURESE o que significa colocar fora o ácido úrico, sua polpa é idicada por fixar o cálcio no organismo, é tb poderoso depurativo para o figado tem vit B1, B2, C , potássio, sódio, silício, cobalto e óxido férrico. pera – kiwi – tâmara – figo – uva – uva passa – sementes de abóbora – óleo hidrogenado – óleo de fígado de bacalhau – amêndoas – castanhas – castanha portuguesa – abacate – arroz selvagem – alface – mel- banana – laranja – pêssego – óleo de canola – painço – coco verde, alface, abóbora, salsa, tubérculos em geral, leite de cabra.

MELANCIA: Ela fortalece o corpo, que se torna menos sujeito a hérnias. É a fruta mais diurética que existe. Limpa os canais urogenitais, os rins e a bexiga, contribuindo para a saúde da próstata. Sua fibra estimula o funcionamento intestinal. É o melhor refrigerante que existe para um dia de calor.

OBSERVAÇÃO:

Utilizar o suco de melancia para limpar os rins e intestinos, para funcionar utilize o suco ao invés de comer a fruta, não coma nada junto com o suco – o objetivo é limpar os rins e intestinos

Quer mais informações? visite o site doce limão de

Conceição Trucon,

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s